Especialista da GiOlaser indica tratamentos para a pele madura

Revitalização, peeling e limpeza de pele são alguns tratamentos indicados para o público da melhor idade

A terceira idade está cada vez mais vaidosa. O último censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) aponta que o número de procedimentos entre idosos passou de 5,4% em 2016 para 6,6% em 2018, ano em que o levantamento foi realizado. Porém, a tendência é que a estatística continue crescendo.

“Os tratamentos estéticos são um complemento para os cuidados rotineiros com a pele como tomar banhos com água em temperatura ambiente, hidratar após o banho, beber bastante água e evitar a exposição excessiva ao sol”, lembra Camila Oliveira, biomédica da GiOlaser, referência em franquias de saúde e bem-estar no Brasil.

A especialista indica alguns procedimentos que fazem parte do menu da rede de clínicas de estética. “Revitalização, peeling e limpeza de pele são os mais indicados para a pele madura. Há uma gama de tratamentos que podem ser realizados por essa faixa etária. Porém, esses são os mais completos”, lembra Camila.

Gio FaceUp

O Gio FaceUp é um tratamento de revitalização que utiliza a junção de tecnologias, visando a uniformização e nutrição da pele, devolvendo toda a jovialidade que é perdida ao longo dos anos. “É realizado por meio da combinação das tecnologias de peeling mecânico, alta frequência, endermo facial, sendo extremamente eficaz na renovação celular e revitalização da pele, amenizando as linhas de expressão e rugas, além de diminuir a aparência dos poros dilatados e uniformização no tom da pele, deixando-a mais hidratada e nutrida”, explica Camila.

O procedimento é contraindicado para quem tem lesões de acne ou herpéticas, pústulas, rosáceas, fragilidade capilar, diabetes mellitus, eczema e lúpus eritematoso.

Peeling de Cristal

Na GiOlaser, o procedimento é conhecido também como Microdermoabrasão, um tratamento de esfoliação seguro, simples e rápido, realizado mecanicamente com o objetivo de remover a camada mais superficial da pele. A técnica contribui para o rejuvenescimento, a luminosidade e a hidratação celular facial ao remover marcas e tratar cravos, manchas, rugas e estrias corporais, além de ser bastante eficaz para a remoção de manchas causadas pela exposição ao sol.

Os resultados são graduais. Portanto, é preciso manter uma periodicidade no tratamento. O procedimento é seguro e não há restrições para o retorno às atividades do dia a dia após sua aplicação. No entanto, deve ser evitado por pessoas com doenças crônicas, infecção de pele na área em que será realizado o tratamento, como acne e herpes, e com peles sensíveis, que devem optar por um procedimento mais delicado.

Peeling de Porcelana

O Peeling de Porcelana da GiOlaser não utiliza aparelhos, apenas combina produtos como máscaras e ácidos. Portanto, não descama a pele e é menos agressivo, o que permite ao paciente retornar as atividades cotidianas após a sua aplicação. “Feito com alta concentração de vitamina C e ácido hialurônico, o procedimento melhora a elasticidade e clareia a pele, além de deixá-la mais jovial e luminosa, com aspecto de porcelana, que deu origem ao seu nome”, conta a especialista.

Antes de sua aplicação, é necessário fazer uma limpeza de pele para higienização e remoção de impurezas e oleosidade. Em seguida, é feita uma esfoliação leve com o objetivo de remover células mortas e desobstruir os poros para uma melhor absorção dos produtos.

O procedimento não tem contraindicação e pode ser feito em qualquer tipo de pele. Porém, como cada pele apresenta um tipo de reação, recomenda-se a avaliação de um especialista antes da aplicação.

Limpeza de pele ultrassônica

A biomédica explica que a Limpeza de pele ultrassônica da GiOlaser é um sistema de assepsia e tratamento cutâneo mais sofisticado, como uma espécie de peeling, realizado por um aparelho de ultrassom não agressivo que não provoca escamação. “Ao entrar em contato com a pele, a corrente ultrassônica promove uma limpeza profunda e elimina as células mortas, potencializando a renovação celular e a produção de elastina e colágeno”.

O procedimento é indicado para todos os tipos de pele. Porém, não deve ser realizado em pessoas com processo alérgico não diagnosticado, gestantes, cardíacos, com inflamação das veias, usuários de marca-passo, inflamações ou infecções graves, locais com tratamentos por radioterapia, pacientes diagnosticados com tumores e com epilepsia.

As informações sobre estes e outros tratamentos, estão disponíveis no site da GiOlaser .

Sobre a GiOlaser

Reconhecida como referência em franquias de saúde e bem-estar no Brasil, a Giolaser foi fundada pela atriz Giovanna Antonelli e faz parte do Grupo Salus Participações desde 2018. A marca mantém o mesmo propósito desde a sua fundação, em 2013, de democratizar o acesso da população a tratamentos faciais, corporais e depilação a laser. Com 150 unidades, a GiOlaser está presente nas principais cidades do Brasil.  

Por: Approach Comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *