Porque eu tenho varizes nas pernas?

As causas mais comuns são de origem hereditária ou de fatores individuais como, sedentarismo e gravidez

As varizes são veias abaixo da pele com presença de acúmulo sanguíneo e de aparência torta, azulada e dilatada. Tem como sintomas sensação de peso, formigamento, sensibilidade, inchaço e manchas escuras na região, sendo mais frequentes nas pernas, mas também podem aparecer nas costas, pés, seios, abdômen e rosto. Grande parte da população tem ou terá varizes essenciais dos membros inferiores em algum momento da vida, mas porque isto ocorre?

Segundo o professor de cirurgia vascular da Faculdade Evangélica Mackenzie do Paraná (FEMPAR), Antonio Lacerda Santos Filho, existe um fator de predisposição, que pode ser pessoal ou familiar. “Pessoas de uma mesma família possuem biotipo físico e hábitos de vida semelhantes, o que leva a desenvolverem algumas doenças, e entre elas estão as varizes dos membros inferiores”, explica.

Apesar de algum fator de predisposição estar presente nestes casos, uma das causas do surgimento das varizes são os chamados fatores desencadeantes, “aqueles que necessitem ficar muito tempo com as pernas pendentes (sentado ou pé), o que é muito comum dependendo do trabalho, por exemplo, professores, médicos, vigilantes, entre outros. Outro fator de extrema importância é a obesidade, que também interfere dificultando a drenagem do sistema venoso dos membros inferiores e causando varizes. Por fim, os fatores hormonais, que estão presentes nas mulheres que fazem uso de anticoncepcionais hormonais, terapia de reposição hormonal e ainda a própria gestação”, explica o especialista.

No caso da gestação, o aumento de peso e o aumento da dificuldade da circulação sanguínea podem ser a causa. Há outros fatores que podem desencadear as varizes como, idade avançada e histórico de trombose profunda. Também é possível perceber uma piora no estado das varizes durante os meses de altas temperaturas que acabam por contribuir para a dilatação das veias. “Tendo este conhecimento, fica mais fácil de entender a prevenção e, também, o tratamento das varizes. Neste caso, o paciente deve procurar um especialista em angiologia ou cirurgia vascular, que são as especialidades mais adequadas e preparadas para isto”, afirma o professor.

Normalmente, o tratamento requer o uso de remédios, mudanças no hábito de vida, aplicação de substâncias nas varizes ou, em um estado mais grave, quando se tem sintomas como inchaço, dor e coceira, é feita a cirurgia. Como prevenção, é indicado o consumo de alimentos que melhoram a circulação do sangue, realizar exercícios físicos regularmente, evitar ficar muito tempo em pé ou sentado, e usar meia de compressão elástica, caso seja orientado pelo médico.

Sobre a Faculdade Presbiteriana Mackenzie
A Faculdade Presbiteriana Mackenzie é uma instituição de ensino confessional presbiteriana, filantrópica e de perfil comunitário, que se dedica às ciências divinas, humanas e de saúde. A instituição é comprometida com a formação de profissionais competentes e com a produção, disseminação e aplicação do conhecimento, inserida na sociedade para atender suas necessidades e anseios, e de acordo com princípios cristãos.
O Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) é a entidade mantenedora e responsável pela gestão administrativa dos campi em três cidades do País: Brasília (DF), Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ). As Presbiterianas Mackenzie têm missão educadora, de cultura empreendedora e inovadora. Entre seus diferenciais estão os cursos de Medicina (Curitiba); Administração, Ciências Econômicas, Contábeis, Direito (Brasília e Rio); e Engenharia Civil (Brasília).
Em 2021, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.

Por: Assessoria de Imprensa Instituto Presbiteriano Mackenzie / Foto Ilustrativa: Pixabay

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.