5 dicas para manter a jornada do gamer saudável

A saúde psicológica e física estão diretamente ligadas, por isso, é importante estar atento aos sinais do comportamento e do corpo, e buscar um especialista

A atuação do gamer ganhou mais visibilidade no último ano, já que houve um salto na profissionalização desse público durante a pandemia, impulsionada pela permanência frequente das pessoas dentro de casa. O universo gamer cresceu 7,1% em 2020, se comparado a 2019, segundo a Pesquisa Game Brasil, que ouviu cerca de seis mil pessoas. A maioria deu início às maratonas de jogos para fugir um pouco da realidade, mas sem se preocupar com sua saúde física e mental.

Mas quem acha que ficar sentado durante horas na frente do computador é fácil, está muito enganado. É necessário manter uma rotina saudável, focada no equilíbrio do corpo e da mente e, por isso, o Dr. Victor Kurita (CRM 98008 SP), com que atua com foco no cuidado dos gamers, separou algumas dicas para que esses jogadores, sejam eles profissionais ou amadores, possam ter uma jornada proveitosa e com bom rendimento. Afinal, quando se está bem de saúde as conquistas são mais prazerosas.

Boa alimentação: Se alimentar bem é fundamental, ingerir sempre uma fonte de proteínas (carne, frango, peixes, ovos e alguns derivados de leite), uma fonte de carboidratos (arroz, batata, cereais, entre outros) e muitos nutrientes vindos de frutas, verduras e legumes.

Adotar uma rotina de pausas, descanso e meditação: Se o gamer estiver muito acelerado, ele pode fazer respirações controladas, inspirando e expirando devagar. Ele não precisa fazer só depois da maratona, mas durante. É bom que esse controle seja feito a cada 40 minutos.

Respeitar os horários de sono: Respeitar o ciclo de sono, dormir ao menos 7 horas diárias, desligando o computador duas horas antes de ir deitar.

Alongamento antes de começar a jogar: É importante esticar os dedos e punhos por 15 segundos, variando as posições, para que não venham a surgir dores futuramente, sobretudo com os movimentos repetitivos.

Cuidados com a visão: O jogador deve também se consultar com um oftalmologista anualmente, já que a tela do computador por muitas horas seguidas e diárias pode causar alguma alteração.

No cenário atual, onde a internet é a maior ferramenta de trabalho, é normal que os gamers se deparem com haters e bullies, podendo causar sintomas de ansiedade e até mesmo depressão. No entanto, o Dr. Victor alerta que, ao surgirem os primeiros sinais, é imprescindível procurar um profissional e fazer o acompanhamento regular para lidar com essas pessoas.

“Para manter o desempenho alto, é importante dar atenção aos sinais que o corpo e a mente destacam. Quanto mais o físico e o psicológico estão alinhados, melhor o jogador vai se sentir ao fazer seu trabalho, evitando problemas futuros que o impeçam de continuar fazendo o que gosta”, finaliza Kurita.

Sobre o Dr. Victor Kurita
Formado pela Faculdade de Medicina do ABC, o Dr. Victor Kurita tem mais de 20 anos de experiência na área de saúde, é filho de pais orientais e teve uma educação bastante tradicional, motivado por sua própria história de superação do vício em jogos, ele se especializou no atendimento desse público. Por meio da Medicina Integrativa o Dr. Kurita tem ajudado os jovens a superar seus desafios equilibrando a saúde mental e física e incentivando o diálogo entre pais e filhos.

Por: NR-7 Comunicação / Foto Ilustrativa: Pexels

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *