Zenklub lança curso gratuito sobre Síndrome de Burnout e a relação com o trabalho

Com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o tema, aulas são direcionadas para profissionais de todas as áreas e níveis, desde lideranças, gestores de RH e people a colaboradores e especialistas dos setores da saúde

Segundo a nova classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Burnout será oficialmente uma síndrome ocupacional a partir de janeiro de 2022. A mudança no CID 11 relaciona, definitivamente, o Burnout ao ambiente de trabalho, fazendo com que as organizações passem a ter responsabilidade direta e indireta pela saúde emocional de seus colaboradores. Pensando em ampliar o conhecimento sobre o tema, o Zenklub – maior especialista em saúde mental e cuidado emocional corporativo, lançou o curso gratuito “Síndrome de Burnout e a relação com o trabalho”. 

O curso totalmente online é ministrado por Carol Milters que, além de idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização do Burnout e uma das grandes porta-vozes sobre o tema, é escritora, facilitadora e investigadora da síndrome de Burnout, workaholismo e da saúde mental na relação com o trabalho. Além de apresentar conteúdos sobre o Burnout e como ele afeta a saúde mental das pessoas, as aulas também trazem informações sobre prevenção, conceito e práticas saudáveis contra os sintomas e danos da síndrome. 

Os dados mostram que o tema precisa de atenção: de acordo com o Índice de Bem-Estar Corporativo (IBC) criado pelo Zenklub com times de psicologia e educação corporativa para que as empresas tenham um panorama da saúde mental de seus funcionários, o Índice Geral de Bem-Estar Corporativo do mercado brasileiro ainda é médio – 49,25 em uma escala de 0 a 100, cujo índice ideal seria de, no mínimo, 78. Quando falamos em Burnout, o número é de 58,75. Neste caso, quanto menor a pontuação, melhor seria o índice de burnout e, consequentemente, de bem-estar. O dado é um alerta para as companhias. 

“A pandemia trouxe um alerta ainda maior para a importância do cuidado com a saúde mental e em 2022 não será diferente. A tendência, especialmente com o Burnout se tornando uma síndrome ocupacional, é que empresas, pessoas e profissionais passem a olhar mais para o tema como parte fundamental para garantir saúde e bem estar do indivíduo. A iniciativa vem como forma de disseminar conteúdo e informação para que possamos não só conhecer, como prevenir”, explica Rui Brandão, CEO do Zenklub. 

As aulas são direcionadas para profissionais de todas as áreas e níveis, desde lideranças, gestores de RH e people a colaboradores e profissionais das áreas de saúde e segurança do trabalho, o curso conta com quatro módulos, duas horas de conteúdo, além de exercícios e, ao final, um certificado. 

Serviço 

Curso: Síndrome de Burnout e a relação com o trabalho

Quanto: gratuito 

Carga horária: 2h

Inscrições: https://academy.zenklub.com.br/offers/Xxo2ujLF/checkout

Sobre Carol Milters 

Autora do livro “Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout”, idealizadora da Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos. Brasileira morando na Holanda, Carol fala, escreve e estuda a saúde mental na nossa relação com o trabalho e o poder da escrita como terapia. Em 2020, lançou seu primeiro livro, “Minhas Páginas Matinais”, uma coletânea de crônicas sobre sua experiência com a ansiedade, depressão e pânico causados pelo Burnout, o esgotamento físico e emocional causado pelo excesso de estresse no trabalho. O livro já foi vendido em mais de 15 países, em inglês e português. Seu propósito é ampliar a conscientização sobre a saúde mental no trabalho e a síndrome de Burnout. 

Sobre o Zenklub

Zenklub é o maior especialista em cuidado emocional corporativo do Brasil, oferecendo consultoria estratégica em saúde mental guiada por dados, em uma plataforma que entrega diagnóstico, mensuração e plano de ação personalizado. Com Zenklub, as empresas recebem uma solução estratégica de saúde e bem-estar que gera desenvolvimento pessoal aliado a resultados de negócios. Hoje, o Zenklub impacta 1,5 milhão de pessoas por mês e atende mais de 300 empresas, entre elas Ambev, Qualicorp, Tecnisa, Loggi e Natura.

Criado em 2016 pelo médico Rui Brandão e pelo doutor em Computação e Telecomunicações, José Simões, atualmente atende brasileiros em 187 países e 1205 cidades. A plataforma oferece sessões online com mais de 5 mil psicólogos, psicanalistas, coaches e terapeutas, além de conteúdos em texto, áudio, vídeo e diversas outras ferramentas em seu aplicativo. 

Por: VCRP Brasil / Foto Ilustrativa: Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.