Existe relação entre doença periodontal e lesões musculares?

Cirurgião-dentista explica se há ligação entre as enfermidades

Por muitos anos, a odontologia foi relacionada apenas à solução de problemas bucais. Entretanto, com os largos avanços da medicina odontológica, foi identificado que infecções e inflamações periodontais interferem, potencialmente, em uma infinidade de doenças sistêmicas, entre elas, nas lesões musculares. Apesar de causar preocupação na população em geral, o dilema é ainda mais temido por atletas, seja de alto rendimento ou de “finais de semana”. Para estes grupos, ficar afastado das atividades físicas não é nada fácil. A situação enfatiza um dito popular que, com o passar do tempo, fica ainda mais habitual: a sua saúde começa pela boca.


 

Além das lesões musculares, as enfermidades bucais são responsáveis por desencadear doenças como diabetes, artrite reumatoide e, em casos mais agudos, são desenvolvidos quadros de Alzheimer e gestação prematura. “Tudo o que for relacionado à medicina periodontal reflete em consequências inflamatórias e mediadores químicos que afetam o corpo como um todo, por meio das citosinas, prostaglandinas e do fator necrosante tumoral. Portanto, a gengivite e demais inflamações bucais agravam diferentes situações corporais, como é o caso das lesões musculares”, explica o cirurgião-dentista e docente do UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Recife, Arnoldo Filho.
 

Josias Júnior, de 32 anos, é atleta de vôlei da UNINASSAU João Pessoa e pratica esportes desde os 12 anos de idade. O jogador nunca tinha ouvido falar da relação entre as enfermidades. “Isso não passava pela minha cabeça. Entretanto, eu sempre fui constantemente ao dentista. Acredito que este foi um fator importante para que eu tivesse um baixo retrospecto de lesões ao longo da minha carreira”, comenta o estudante da pós-graduação em Gestão de Pessoas.
 

A busca pelo equilíbrio entre condicionamento físico e a constância na prática esportiva é o desejo de todo bom atleta. Para evitar lesões musculares, em decorrência das doenças periodontais, Arnoldo explica que o necessário é “ter uma boa higiene bucal, além de eliminar os focos de inflamação e também de infecção, pois eles têm muita ligação com outras doenças inflamatórias do nosso corpo, como é evidenciado na literatura da medicina periodontal”, finaliza o dentista.

Por: Imprensa UNINASSAU / Foto Ilustrativa: Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.